Quem precisa de Terapia?

Algumas pessoas acreditam que só quando temos algum problema ou dificuldade que devemos procurar a Terapia, mas está bem longe da verdade. Todos, sim todos, precisamos de terapia. Seja para encontrar a raiz de um problema, desvendar como lidar com alguma dificuldade ou até mesmo para entender como seguir em equilíbrio, a terapia se faz presente. 

Costumo falar que nós Terapeutas que somos os pacientes (segundo uma das definições do dicionário: que persiste na realização de um trabalho; perseverante.) pois nossos clientes são como uma onda do mar, sempre em movimento, algumas vezes calma e em outras veze fortes, às vezes mais profundas e em outras vezes mais rasas; mas nunca são os mesmos. Eles estão sempre em mudanças e nós como Terapeutas vamos acompanhando e ajudando neste trilhar do Autoconhecimento. 

Nunca são os mesmos e aí que mora a estima de nosso trabalho, em entender e direcionar para o melhor cuidado; além da conversação, aplicando diversas técnicas que maximizam seu potencial e ampliam o autoconhecimento, reconectando e equilibrando suas emoções, ampliando sua qualidade de vida.

Somos capazes de ajudar, apoiar e amparar. Guiando nosso cliente para enxergar sua natureza, sua sombra. Todos os que caminham nessa busca de equilíbrio, devem estar preparados para aflições, decepções e encontros com emoções e sentimentos nunca antes experimentados. Aperfeiçoamento e crescimento requerem uma mente sincera, aberta, acerca dos aspectos que deseja mudar. 

Afinal, nosso dever como Terapeutas é acolher, cuidar, utilizar nossas técnicas de trabalho e dar ferramentas para nossos clientes seguirem nessa jornada do autoconhecimento, que nada mais é do que o caminho para o BEM-ESTAR

Como terapeutas oferecemos um caminho para o autoconhecimento. Entendemos e conhecemos como atingir diversos aspectos do nosso consultante, seja com a utilização de pêndulo, cristal, ervas, florais, óleos, afinal nós somos uma combinação de diversas técnicas; a nossa base é a psicoterapia, ou seja entender como os aspectos mentais da pessoa se conectam com seu estado físico. 

Terapia Holística é um encontro com o auto-equilíbrio. Facilitando o entendimento dos aspectos mentais e o reflexo dele no nosso corpo. Nosso cliente é cuidado sobre diversas abordagens, razão pela qual o Terapeuta conhece diversas técnicas e a emprega conforme a necessidade  e/ou afinidade de seu cliente.

Não somos um Livro ou manual de auto-ajuda, não temos frases vagas e aleatórias a serem proferidas. Estudamos e nos aprofundamos em cada técnica que empregamos em nosso trabalho; escolhemos com muito cuidado com quem teremos aulas, com os fundamentos que eles desejam passar e até mesmo como vivem; afinal está tudo interligado. Eu chego a pensar que os iguais se atraem; razão pela qual até o cliente que chega até nós são importantes em nossas jornadas profissionais e pessoais. 

A Terapia Holística não é para amadores, não é para mal intencionados e muito menos para os leigos, pois aqui você encontrará um caminho árduo e profundo de estudo, de mudanças de paradigmas e contato com suas sombras mais profundas. 

Um Terapeuta já passou por muita terapia, supervisão e debates com seus pares para chegar a um nível de entendimento tão profundo da condição humana, bem como passa por diversas atualizações e reciclagens; afinal como o próprio Universo está em constante mudança, quem dirá nós meros mortais. 

Costumo falar que nem a pedra mais parada, nunca está sem receber as mudanças: seja com a chuva trazendo informações, a terra que carrega saberes ancestrais e o vento que a lembra do movimento; nós como humanos também estamos em constante mudança o que é digno e válido e tão importante nos atualizarmos com a mentalidade atual, carregando tudo que já aprendeu e desaprendeu também. 

“O principal objetivo da terapia psicológica, não é transportar o paciente para um impossível estado de felicidade, mas sim ajudá-lo a adquirir firmeza e paciência diante do sofrimento. A vida acontece num equilíbrio entre a alegria e a dor. Quem não se arrisca para além da realidade jamais encontrará a verdade.” Carl Gustav Jung

Sempre defendi que a Terapia é para todos, pois é quase impossível uma pessoa sozinha conseguir as ferramentas necessárias para o entendimento do consciente e inconsciente; fora as demais questões: sentimentos, sofrimentos e aflições. 

Conheço pessoas que não lidam com isso, ou se amparam na religião ou em vícios ou em sufocar tudo o que a aflige, seja por medo de não saber lidar com aquilo ou vergonha de não ser bem recebida quando confrontar suas sombras e o que mais surgir. 

É muito comum e triste de ver tal realidade, principalmente quando se trata de mulheres elas serem chamadas de loucas e histéricas por estarem externando o que lá dentro está gritando por ajuda e amparo. 

Como trabalho com círculos de mulheres, vejo muitas chegando cheias de dores, aflitas. ansiosas e a beira de crises fortes simplesmente por terem que dar conta de tudo a sua volta e com medo de serem taxadas como loucas, simplesmente por estarem em busca do tão sonhado equilíbrio. Este é um relato muito profundo que vimos muito em círculos, mas não só de mulheres, de modo geral mesmo. 

Muitas pessoas também chegam em sessões de Terapia achando que será um transformador de vidas imediato, uma cura para toda a sua dor e será só com lindas palavras, cores e aromas; queridos desavisados a Terapia é um processo de cuidado extremo, de tomada de decisões profundas, um encontro com seu íntimo e este caminho muitas vezes é doloroso e recompensador ao mesmo tempo. 

Como alguns dizem: “o caminho não é só flores” e é a maior verdade, acho um tanto quanto desonesto alguns “terapeutas” e “técnicas” que oferecem este caminho de rosas e encontros lindos; onde bem sabemos que não será só isso. Terá sim, dias de terapia que são um acalanto e terá alguns que serão um profundo desafiar e romper de paradigmas. 

Saber lidar com as mais diversas situações e emoções, torna nossa mente saudável e pronta para lidar com o dia a dia, você encontrará na nossa profissão o caminho para esse equilíbrio, o  caminho de crescimento é da autoconfiança, perder o medo de trilhar suas escolhas. Por isso continuo defendendo a Terapia para todos, afinal o autocuidado é o caminho da iluminação. 

Fabi Vieira

Outubro/2020

Deixe uma resposta