Reiki

Reiki

Um conceito, muitas vertentes. 

O que é Reiki? Uma técnica, um conceito, um estilo de vida ou uma marca registrada? Depende de quem você perguntar, terá um grande sim, para cada uma das perguntas, e nenhuma deixa de estar certa. 

A palavra Reiki deriva do  japonês reiki (霊気 que significa “atmosfera misteriosa”), que por sua vez deriva do chinês língqì (靈氣, “influência sobrenatural”). Em 1975 começou a aparecer em literaturas traduzidas para o inglês, que por escolha do tradutor, ficou com a tradução simplesmente como: energia vital universal.

Foi canalizado este conhecimento ancestral, inicialmente e o que até então sabemos, pelo Sr. Mikao Usui, que durante seu aprendizado budista, provavelmente meditação, orações, entoações de mantras e cânticos, jejum , dentro os quais ele recebeu/canalizou esse conhecimento e o chamou de Reiki. A partir daí, ele continuou aprofundando seu conhecimento e encontrando formas de transmitir a mais pessoas, tanto o cuidado (tratamento) quanto os ensinamentos (alunos).

Mas Afinal o que seria então o tal do Reiki,  霊気 em shinjitai kanji ou como レイキ no silabário katakana. Rei (霊: “espírito, milagroso, divino”) e ki (気; qi: “gás, energia vital, sopro de vida. O ki, mais conhecido por qi ou ch’i chinês) no reiki pode ser entendido como energia espiritual, energia vital. 

Sendo considerada uma técnica japonesa para diminuição do stress e ampliação do relaxamento que poderá equilibrar os aspectos que precisam: corpo, emoções, mente e espírito; como vimos acima, significa a grosso modo: A espiritualidade (energia universal) conduzindo a energia vital (vida). O conceito do Reiki seria que nossa Energia Vital, está fraca ou com seu caminho obstruído e com isso o recebimento desta energia Universal poderemos ter um caminho para o equilíbrio. 

Lembrando que o Reiki não faz cura, não trata doenças físicas ou mentais, ele auxilia no seu processo de contato com o que se faz necessário e com isso facilita o entendimento e conexão com seu bem-estar. Razão pela qual em nenhuma sessão de Reiki você será avaliado, como acontece com tratamentos médicos.

São Tantos sistemas de Reiki, mas achei que Reiki era só o do Sr. Usui! O Reiki do Sr. Usui é sim exclusivo de sua canalização: símbolos, técnicas e afins; algumas pessoas chegam até a dizer que a palavra REIKI é marca Registrada de alguma empresa norte-americana (não encontrei tal 

registro); de qualquer forma, o Reiki do método Usui é sim um processo que segue toda uma linhagem certificada, ensinamentos e preceitos já bem definidos. 

Como mencionei acima, não achei em local algum da internet que comprove que a palavra Reiki é uma marca registrada de quem é que seja, razão pela qual acredito que não seja inadequado algumas outras pessoas terem canalizados outros tipos de Reiki, como vemos Karuna, Lunar, Tibetano; entre outros. 

Convenhamos que poderiam chamar só pelo nome complementar ao invés de utilizar a palavra Reiki; mas  também sabemos de outras técnicas que passam pela mesma situação que é o caso do Florais de Bach, que temos outros utilizando: Florais de Minas, Florais de Gaia, Florais Californianos; entre outros. 

O que fortemente recomendo a todos que desejam seguir nesta grande irmandade de conhecimento de Energia Ancestral e Universal, pesquise e siga no caminho que achar que mais condiz com o que deseja para sua vida profissional. 

Lembre sempre da ética, comprometimento e estudo adequado! Cada sistema Reiki possui a sua própria linha de ensinamento, símbolos, transmissão de conhecimento e iniciação; alguns inclusive realização tudo em versão online, facilitando o aprendizado e transmissão. 

Complementando este artigo, informo que diferentemente do que muitos falam que a OMS (Organização Mundial de Saúde) reconhece o Reiki como prática integrativa, o correto é afirmar que a OMS incentiva a prática terapêutica que visa o bem-estar; mas que não tem nenhum embasamento científico. 

Artigos científico são feitos para realizar um estudo, e podem ter vários pesos. Alguns são para evidenciar e outros são para correlações e muitas vezes estas correlações são falsas. Muitos estudos são só para levantar uma questão e não afirmando a sua efetividade de nada. Ele é publicado em revista científica da área, são várias revistas científicas que podem existir – física, química, medicina, psicologia,  entre outras. É importante verificar o peso da revista, pois tem várias que aceitam qualquer tipo de estudo, sem qualquer cuidado com o material apresentado.. A primeira etapa de um estudo é o pré-print que é a revisão do estudo por pares, ou seja a comunidade científica da área de estudo que faz parte da revista farão a revisão. Então eles revisão os defeitos, falseabilidade e se o estudo é reprodutível, se for ele é aprovado e publicado.

O meio científico apresenta alguns estudos sobre o tema, cada qual com seu peso e sempre passando por  revisões, abaixo apresento alguns:

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22021729/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21998438/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21832928/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21701183/

Alguns artigos são publicados sem passar por revisão de seus pares:

https://www.theguardian.com/science/blog/2011/oct/11/placebos-reiki-cancer-patients-harm

O que eu quero dizer com isso, que tendo ou não o estudo científico o Reiki funciona? O saber ancestral/universal ou como podemos chamar de crença pré-científica nos apresenta que ele funciona sim. E alguns  estudos, como os acima listados comprovam que ele funciona como fontes de relaxamento, alívio de dores, redução de ansiedade, bem como um amparo emocional

Lembrando que a própria OMS produziu diversos artigos e estudos das chamadas Medicinas Tradicionais ou como chamamos no Brasil de Práticas Integrativas e Complementares (PIC); recomendo acompanhamento no site da OMS, sempre tem assuntos interessantes. 


Em Resumo o Reiki é uma técnica terapêutica que dispensa o contato físico, onde se faz uso da Energia Vital Universal, trazendo um equilíbrio dos chakras, corpo, emoções e mente; trazendo então um caminho para o equilíbrio e bem-estar.

Deixe uma resposta