O abandono da Verdade Objetiva

Segundo os filósofos da Antiga Grécia, a verdade era dividida em duas fases. Sendo uma a objetiva, cabendo explicações científicas e com comprovações registradas das ações por ela empregadas. Do Outro lado, estava a Verdade Mágica, que era desde aquela época desacreditada, pois era uma mistura de dogmas religiosos e conceitos de tratamentos naturais. Ao tentar entender essas verdades e separar a “alma” (sentimentos) do corpo (estado físico), teve o nascimento do Logos, maneira racional de pensar. Mas ao tentar ser racional na maneira de pensar, nos afastamos da junção de sentimentos com o estado físico.

Levando em consideração Aristóteles em sua tese SOBRE A ALMA, fica claro para nós que ao tentar racionalizar e separar corpo e alma, nos tornamos mais afastados do SER Humano. Essa separação deve ser usada unicamente em métodos científicos, pois eles tratam somente do corpo, não tem estudo e treinamento para ajudar nos aspectos emocionais. Pois o que todos nós como seres humanos buscamos é ser entendidos, nos entender e até mesmo uma iluminação “divina”, pois quando da separação das verdades, nos tornamos mais sozinhos e mais perdidos, buscando o divino em dogmas religiosos ao invés de dentro de nós mesmos.

Hipócrates, quando fundou a sua escola de Medicina, já afirmava que para o conceito de tratamento não poderia ter a divisão de corpo e alma. O Homem é uma junção de corpo e alma, fica evidente a afirmação que na terapia, deve se dar grande importância aos efeitos da Alma (sentimentos) sobre o Corpo. A unificação de alma e corpo, é o autoconhecimento, a contemplação da Verdade Absoluta. 

A busca da iluminação interior através do autoconhecimento, de meditação, da contemplação do próprio íntimo, deve ser empregada em todas as terapias. Segundo o pensamento “divino”, todas as coisas estariam interligadas, mas não por correntes eletromagnéticas, mas por vibrações espirituais/emocionais.

Homem é a medida de todas as coisas, sendo ele a medida, devemos equilibrá-las. Afinal como todas as coisas estão interligadas, a junção de técnicas terapêuticas para ajuda emocional, física e mental se torna a verdade absoluta, para o completo equilíbrio.

Gnothi Sauton!” (Conhece-te a ti mesmo!),

Fabiana Vieira

TERAPEUTA EM SINCRONICIDADE: REIKI

PSICOTERAPIA HOLÍSTICA

FITOTERAPIA

10/2015

Deixe uma resposta